Photobucket

 
InícioRpg Kira ®FAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [ 3. Prelúdios ]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Mya Mori Suwa
Parceiro
Parceiro
avatar

Mensagens : 648
Pontos : 3482
Reputação : 0
Data de inscrição : 12/01/2010
Idade : 29

MensagemAssunto: [ 3. Prelúdios ]   Ter Abr 26, 2011 1:24 pm

Resgate sua história do passado até chegar no momento em que é preso, não importa onde nem como, muito menos quanto tempo depois do crime feito. A história é sua, invente!


Você pode ter vindo de qualquer lugar do mundo, mas cometeu o crime na Inglaterra. Não importa qual país te protege, uma vez tendo cometido o crime em outro país, sua punição será deste.
Voltar ao Topo Ir em baixo
sephiroth
Player
Player
avatar

Mensagens : 175
Pontos : 2967
Reputação : 0
Data de inscrição : 23/02/2010

MensagemAssunto: Re: [ 3. Prelúdios ]   Ter Abr 26, 2011 11:39 pm

John Striker 25 anos
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


John cresceu idolatrando seu pai, um herói de guerra e general 4 estrelas do exercito americano que tentou mais nunca conseguiu mudar o comportamento rebelde do filho. Ele entrou para o serviço militar desde criança em escolas militares, e se especializou em diversas técnicas de combate principalmente em artes marciais onde aprendeu um golpe que da dano letal com as maos : armamentos, explosivos, sobrevivência, veículos de guerra, e tudo mais que alguem precisa saber para ganhar uma guerra. Não demorou muito para fazer parte de um grupo de elite das forças especias, fazendo missões em que assassinato, sequestro e tortura são aceitáveis como táticas de combate ao crime, terrorismo e corrupção. Em uma missão no Brasil para matar narcotraficantes que estavam negociando com políticos, na ultima hora John recebeu o comando para anular a missão pq os políticos estavam no local também , porem jah estava tudo preparado pra explodir o local, e ele pensou “políticos (:” e explodiu. Por essa desobediência o próprio pai de John camuflou o fato, do contrário iria em cana. Só que John precisou sumir dps disso... aí se mudou para a Inglaterra onde participava de um campeonato PRIDEFC ilegal usasan um pseudonimo...
Porem num belo dia, John recebe uma ligação do seu pai fazendo uma proposta para limpar sua barra... com a seguinte proposta:
Louise a filha de um político muito influente com o presidente dos EUA foi presa por atropelamento sem vitimas fatais e condenada na Inglaterra, e John teria que garantir a proteção dela la dentro nesse tempo em que estiver presa, mais pra isso ele teria que ser preso também, John acabou aceitando.
Para ser preso John esperou até o dia da sua luta em que um certo juiz ia apitar, esse juiz roubou uma luta sua certa vez. Quando começou a luta John acertou o Juiz na cara com uma voadora que o jogou pra fora do ringue e acabou sendo preso por isso... e agora esta indo pra ilha prisão..

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Última edição por sephiroth em Sex Abr 29, 2011 11:17 pm, editado 5 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Portuga
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 1169
Pontos : 4056
Reputação : 0
Data de inscrição : 26/12/2009
Idade : 24
Localização : Tangamandápio - Rôndonia

MensagemAssunto: Re: [ 3. Prelúdios ]   Qua Abr 27, 2011 10:25 pm

Jack Donnovan(J.D)

Jack foi um garoto que nasceu em uma família pobre no bairro do brooklyn, o mais velho de 5 irmãos, tinha um pai alcoólatra e uma mãe que praticamente não ligava para os filhos e que sua única preocupação era não ser largada pelo marido sozinha com um bando de peste pra cria sozinha, por isso ela agüentava as brigas, as surras, as humilhações e até vezes que o pai trazia prostitutas para dentro de casa, era um inferno, mas a mulher agüentava calada, mas como todo ser humano ela tinha um limite, e quando chegava nesse limite, os filhos viravam seu ponto de descarrego de ira, espancava os garotos e depois se enfiava nas drogas, e as vezes sumia por dias para voltar semi-viva totalmente drogada, Jack então tinha que segurar as pontas em casa, Jack sempre comprava as brigas dos irmãos mais novos, quando sua mãe ou seu pai iam bater em seus irmãos logo Jack iniciava uma discussão para que ele apanhasse no lugar dos irmãos, isso começou a ocorrer quando tinha apenas 10 anos, e por algumas vezes foi para o hospital por conta dessas brigas, ela era mais pai daquelas crianças que seu próprio pai, no hospital era interrogado do porque estava naquele estado, ele sempre mentia dizendo que havia acontecido em uma briga na rua, não podia deixar que seus pais fossem presos,a final alguém teria que levar comida para casa, Jack cresceu muito revoltado, mas sua trava de segurança eram seus irmãos(jhonny 3 anos mais novo, jasmin 5 anos mais nova, Mariah 6 anos mais nova e Kyle e Junior gêmeos 8 anos mais novos) por isso ele nunca havia fugido de casa antes, mas logo novo teve que aprender a se virar naquele mundo, mortes, assaltos e crimes moravam ao lado como vizinhos barulhentos que nunca nos deixam em paz, e Jack viu que para que pudessem ter segurança, não deveriam ser apenas “peões” no meio daquela guerra, ele teria que pelo menos escolher um dos lados para que pudessem providenciar proteção, então entrou em uma gangue ainda com seus 13 anos, com a promessa que protegeriam sua família, Jack se juntou a gangue que comandava a área onde moravam, Jack teve que fazer de várias coisas como assaltar, furtar,mentir e espancar membros de gangues rivais. Mas Jack sempre se destacava pelas suas aptidões físicas, com apenas 14 anos Jack conseguia lutar e muitas vezes vencer caras de 18 até 20 anos de idade, e na corrida era quase impossível ser pego, cresceu sempre observando o lado mais obscuro da vida, violência era parte de seu dia-a-dia, mas com isso sua família parou de ser roubada, sabia sempre onde sua mãe ia se drogar e onde seu pai estava quando saia para encher a cara, podia comprar comida para casa quando seu pai se esquecia ou gastava o dinheiro com garrafas de vodka vagabunda, conseguiu providenciar alguma infância aos seus irmãos, infância a qual ele não teve, todos amavam muito seu irmão, mas mesmo assim o dinheiro que ganhava roubando e saqueando das outras gangue era muito pouco, foi quando em uma das batalhas sua gangue venceu e por principal mérito de Jack que além de derrubar vários inimigos conseguiu auxiliar seus colegas, foi quando um carro preto, uma Mercedes parou ao seu lado, logo Jack puxou sua faca pensando ser alguma emboscada, foi quando uma pistola semi-automática apareceu apontada para sua cabeça na pequena abertura da janela, Jack arregalou os olhos enquanto tentava se preparar para morrer, ia morrer tão jovem, mas afinal, esse havia sido o caminho a qual ele havia seguido, se lamentava apenas por deixar seus irmãos, mas uma voz veio de dentro do carro o “convidando” para entrar, ele olhou para trás e viu alguns de seus colegas caídos, então entrou no carro, um homem de seus 40 anos, careca, branco, com grandes correntes de ouro e anéis muito grandes de ouro e diamantes, fumava um charuto a qual o cheiro causava náuseas, o velho fez uma proposta, iria treinar o jovem garoto, e ele se tornaria um de seus “seguranças”, de cara entregou um maço de notas para o garoto(700 dolares), os olhos do garoto brilharam e o homem disse que haveria muito mais de onde aquele tinha vindo e que o garoto tinha muito potencial, o homem também deu um celular para o garoto e disse que entraria em contato, logo o rapaz foi deixado em casa onde ficou sonhando acordado, no dia seguinte seu celular tocou, Jack já não freqüentava a escola, havia parado na 8ª série, logo foi de encontro ao homem que havia combina se encontrar em um balcão, lá ele viu o Srº e muitos homens vestidos de preto e havia um ringue no meio, foi só então que ele viu vários garotos, então percebeu que haveria uma “disputa”, e foi exatamente, o homem disse que só queria 2, então foi feito um campeonato, havia muitos carros estacionados perto do ringue(galpão bem grande) com vidros pretos, eram apostadores, afinal, naquela brincadeira eles poderiam lucrar alguma coisa, foi então que se seguiu as lutas, Jack ficou apreensivo, mas se assustou realmente quando um dos garotos teve seu pescoço quebrado quando foi arremessado para fora do ringue, os seguranças apenas aplaudiram e gritaram euforicamente enquanto aquele velho apenas sorria, Jack lutou e venceu, e venceu e venceu, lutou 5 vezes e ganhou todas, no final ele tinha 6 dedos destroncados, seu rosto que era negro parecia uma beterraba podre e várias feridas no corpo, todos aplaudiram muito, Jack tinha um corpo muito musculoso para um garoto de apenas 16 anos, já tinha barba, logo o homem veio até ele com um maço de 3000 dólares e o entregou dizendo “está contratado hehehe”… Jack foi levado a um hospital e depois de alguns dias estava de volta, e assim que voltou foi chamado, foi até a uma grande mansão onde o velho morava em um dos bairros de luxo, lá Jack aprendeu a atirar e como se comportar e descobriu que aquele homem era um grande narcotraficante, após anos era um dos melhores, só usava aqueles ternos pretos e óculos escuros, ele havia tirado seus irmãos daquele lugar, pagava faculdade para os que já estavam estudando e dava do bom e do melhor para seus irmãos, Jack havia aprendido a matar friamente e fazer qualquer tipo de coisa “necessária”, ele considerava muito seu patrão, afinal ele dava sempre grandes salários para Jack e havia dado uma casa para seus irmãos. Quando Jack tinha 25 para 26 anos de idade, seu patrão foi roubado por um parceiro de negócios e Jack foi mandado para “cuidar” desse cara, ele havia fugido para Inglaterra, Jack mais 2 homens foram com ele, lá receberam contatos de um homem que lá estava, e foram cuidar do assunto, encontraram o homem escondido em um hotel de luxo no bairro nobre, eles esperaram o homem, mas ele era muito cauteloso, sabia que seu roubo não ia sair de graça e que iriam mandar capangas para o pegar, por isso só freqüentava lugares públicos e sempre saia acompanhado, Jack recebeu a informação que ele iria novamente viajar para outro país, ele não poderia deixar, em sua ultima noite na Inglaterra o homem foi jantar em um dos restaurantes mais luxuosos da cidade, Jack entrou sozinho armado, chegou na frente do homem, este o reconheceu quando o viu nos olhos, afinal já o tinha visto em companhia de seu patrão, Jack apenas disse “Benni mandou um abraço” e efetuou vários disparos no homem, o restaurante estava cheio e Jack saiu correndo, mas por azar, havia uma viatura passando ali perto e o perseguiram, Jack correu muito, como em seus tempos de muleque quando precisava fugir pelas ruelas de seu bairro para não apanhar ou ser preso, mas não estava em seu território, ele sem querer foi parar em um beco sem saída, sem recursos, apenas se rendeu e foi levado para uma delegacia onde iria esperar pelo julgamento que iria ocorrer em 2 dias, seu patrão benni enviou um advogado, mas por alguma razão todas os recursos foram recusados e Jack foi preso e sentenciado e levado para um ilha onde iria cumprir pena.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

_________________
O Desrespeito Causa a Desordem... A Desordem Causa o Caos... O Caos Causa a Rebeldia... E a Rebeldia Têm Consequências Extremas "Battle Royale - Battle for Survive among your friends"

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Maeda

avatar

Mensagens : 254
Pontos : 2669
Reputação : 100
Data de inscrição : 06/03/2011
Idade : 30

MensagemAssunto: Re: [ 3. Prelúdios ]   Seg Maio 02, 2011 10:41 pm

VITO CORLEONE

Vito viveu em um orfanato na cidade de Nápoles ate os 10 anos de idade, quando foi adotado por um poderoso mafioso italiano.Don Marco Corleone um homem com ar serio,sisudo e arrogante cuidava da família e dos negócios com Mao de ferro não aceitava falhas e muito menos traições.Vito apesar de receber sobrenome da família nunca recebeu regalias maiores que as dos empregados da casa.Desde de o inicio de sua adolescência Don Marco deixou bem claro que ele estava ali para ajudar a expandir os negócios.
Foi ensinado e treinado como um soldado a serviço de Don Marco,com 16 anos já sabia a atirar com muita precisão fazia alguns trabalhos, cobrava aqueles faziam negócios com a família e sempre recebia de alguma forma, com uma força física impressionante,praticava kickboxe, com 18 anos já era o Braço direito de Don Marco fazia a segurança do figurão.
Quando Vito completou 19 anos foi mandado para Londres ao lado de Peter Clemenza o filho mais velho de Don Marco,onde começarão a traficar armas e drogas para alguns grupos terrorista do oriente médio.Depois de três anos os negócios estavam de vento em poupa,conquistarão um bom espaço e com o a apoio que recebia da Itália conseguiram subornar algumas pessoas e se livrar de situações indesejadas.
Vito sempre foi um jovem de boa aparecia e com a educação que recebeu aprendeu a se vestir de maneira muito elegante,conseguir namoradas uma foi um problema para o rapaz talvez por isso nunca tivesse dado muito importância as garotas de conheceu.Ate conhecer Kalhan amnel um garota doce,meiga,carinhoso que mexeu com seus sentimentos como tinha acontecido antes,o dois viveram uma paixão intensa ,Vito amava Kalhan mas não contou a ela o que fazia,ela era um pessoa de boa que jamais aceitaria esse tipo de comportamento,Vito se viu com uma enorme duvida abandonar seu grande amor ou família que te acolheu quando criança.Ele nunca tinha questionado aquele que fazia tudo que era foi graças a Don Marco,não questionava se era certo ou errado o que tinha que fazer mas agora era diferente,Peter que sempre foi muito esperto não demorou muito ate descobrir o que estava acontecendo resolveu entao agir por conta própria e tirar a garota do caminho.Uma noite Vito estava com Kalhan em uma praça decidido a contar tudo e fugir para longe com ela,mas Peter não ia deixar isso acontecer,encontrou Vito e com mais dois capangas decidiu resolver as coisas como de costume disparou três tiros na garota Vito se viu tomado por uma raiva como nunca sentiu antes sacou sua arma e disparou um tiro na cabeça de Peter e mais um tiro em cada segurança,no meio desse processo foi baleado caiu do lado de sua amada e sentiu culpa por saber que ela estava ali por sua culpa aquela garota gentil e amável estava ali caída sem vida,tocou o rosto da garota antes de apagar.
Vito não morreu se recuperou foi julgado e condenado por trafico de drogas e armas associação ao terrorismo formação de quadrilha e assassinato.agora apenas esperava o que o destina lhe guardava.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Daizaemon Kaze
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 1794
Pontos : 4741
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/12/2009
Idade : 28
Localização : Rondonia - Ji-paraná

MensagemAssunto: Re: [ 3. Prelúdios ]   Ter Maio 10, 2011 6:08 pm

(antes de mais nada tenho que comentar char do joilson....

HUUUMMMMMMMMMMMMM......... crepusculo albino )

John Havock Van Nietchstein

John nasceu na Russia, em uma cidade controlada pela politica e o exército, cresceu como uma criança normal de sua terra, adorando armas, dinheiro e mulheres, cresceu e adolescente ja era um adulto, entre brigas, desavenças e controvérsias na escola, namorou uma professora dos 16 ao 18, e se drogou com 19, porém não se acostumou com nada daquilo, o mundo dele não era ali, tinha interesse nos estudos, comprava livros e lia-os sozinho, aprendia facil, e era inteligente, se tornou obediente e educado, e com 22 anos de idade viajou a inglaterra em busca de emprego e la começou a trabalhar em uma industria de auto-moveis, e logo ja era gerente da empresa, ficou conhecido e tudo isso em 1 ano, após um tempo, namorou e teve um filho, estava no auge de sua vida, com tudo que queria, uma mulher que amava, e um filho, ao completar 3 anos de idade o pequeno filho de John ja disse sua primeira palavra "Papai"...

A vida estava boa para John, que agora mantinha varios negocios, e ele continuava com seu hobby que treinava desde criança, Kung Fu, tendo varios poster de herois de filmes, e muitos livros da cultura chinesa, mas como tudo na vida tende a desmoronar, John com 26 anos de idade, começou a receber cartas e e-mails, ameaçando sua familia, porém apenas aumentou sua segurança e de sua familia, porém continuou a receber essas mensagens procurou um detetive para descobrir de onde vinham as mensagens porém fora em vão, era algo muito bem planejado, e um dia saindo de sua aula de kung fu, fora parado por um ciclista que deixou cair uns papeis, e ao pegar os papeis para devolver ao joven, John viu sua mulher e seu filho, em fotos amarrados, seu filho no colo de um homem com capuz na cabeça, John não soube mais o que fazer, ligou a mulher e a todos que poderiam saber dela, e todos diziam que ela havia saido com o bebe...

john recebeu uma ligação, e uma voz desfoca com algum tipo de equipamento dizia...

Você pagara com o seu dinheiro ou com o sangue de sua esposa e filho? John Havock?

John se desespera e acaba pagando a quantia que o homem havia pedido, e recebeu informações de onde poderia pega-los, e John se dirigiu a um porto da cidade e em um galpão viu sua mulher, jogada no chão, sangue em volta e o grito de choro de seu filho, John correu e pegou seu filho, que não parecia ter nenhum arranhão além de um roxo no rosto, ele corre a sua amada, e a vê, com a roupa rasgada, no chão, com os olhos em lágrimas, e dois furos de tiro no ventre... John quis chorar e gritar, mais seu desespero era muito grande para ele fazer isso, e ligou ao hospital e logo a policia aparecera esperando noticias de John que ja havia informado a mesma, a mulher de John estava viva ainda, o suficiente para lhe passar a mão no rosto, e dizer...

Cuide bem do nosso filho John... Eu sempre te amei, mas... viva John, Viva... eu... t...am......

Não havia dor ou inferno que proporcionasse tamanho desespero doer e raiva...

sobrado 2 milhôes de sua empresa que havia vendido, John abriu uma conta e guardou 1 milhâo de euros em uma conta para seu filho, que iria receber ao completar maior-idade, e com o resto do dinheiro comprou algumas armas de traficantes, e com informações pelo sub-mundo, conseguiu achar os bandidos que fizeram isso com ele, alemães.

John passou 1 e 6 meses treinando seu corpo e praticando com profissionais, treinos de tiro, John havia passado de cidadão, a criminoso, mesmo sem cometer 1 crime, ele iria levar para o inferno 6 pessoas, que lhe fizeram sentir o inferno, seu filho deixou com parentes na sua cidade natal, seu irmão, que tanto adorava, o irmão de John sabia o que ele iria fazer, e apenas disse para que john nao fizesse nada que fosse arrepender depois.

John seguiu ao lugar onde os 6 viviam, era um cortiço, com 1 pistola 9mm e uma uzzi, John entrou no lugar, e viu 4 deles rindo jogando cartas em uma mesa, apostando dinheiro, notas altas, quando eles olharam a john, o mesmo fez a morte de cada um ser o mais lenta o possivel, atirando nos pés e mãos, e coxa caso reagissem, John ouviu eles gritarem para suas familias escaparem, John viu crianças e mulheres, 2 idosos, fugirem do lugar, disparou para cima para que nenhum tentasse alguma coisa, subindo ao primeiro andar do lugar, em um corredor, trocou tiros com os outros 2, e uma mulher e um adolescente que estavam com armas em mãos, john riu, e rolou uma granada ateh a porta deles, e tomou cobertura, após a explosão seguiu lentamente, viu a mulher e 1 homem morto, e o adolescente chorando sem um pedaço da perna, John se aproximou do jovem e o colocou em uma no quarto do lado, ele apenas atirou nos 2 bandidos, tirou um maço de cigarro, e seguiu a frente do cortiço, colocou as armas no chão, e começou a rir, rir bem alto...

A policia apareceu e prendeu John, que fora julgado e acusado pela morte de 7 pessoas, e por ter ferido gravemente outro.

"""John Havock Van Nietchstein""" foi declarado como assassino. mas por muitos que conhecia foi declarado como justiceiro, de uma justiça que falhou em salvar sua amada, John carregou apenas uma coisa com sigo, um pendante com a foto de seu filho e mulher.

Nina Havock

Andrius Havock

"Espero que meu filho possa um dia perdoar o pai dele, por ter feito o que fez..."

com esse pensamento fora encaminhado a uma prisão especial...

John Havock Van Nietchstein, ex-milionario, ex-empresario, ex-marido.... Assassino.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

_________________
Eu procuro a força que está além da compreensão... Daizaemon Kaze

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Narração
Fala
Pensamento
Se tiver cor eu especifico... whatever
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [ 3. Prelúdios ]   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[ 3. Prelúdios ]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Inscrições & Prelúdios
» Episódios Shippuuden [Spoiler-Alert]
» [EVENTO] MONTE SUA QUEST BASEADA NOS EPISÓDIOS DA SÉRIE POKEMON!
» Prelúdio - Ashley Prescort
» Jorge Altobello - Lasombra - Sabá

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: [ Jogos ] :: [ Prison Break: A Ilha ]-
Ir para: