Photobucket

 
InícioRpg Kira ®FAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Mya Mori Suwa
Parceiro
Parceiro
avatar

Mensagens : 648
Pontos : 3482
Reputação : 0
Data de inscrição : 12/01/2010
Idade : 29

MensagemAssunto: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Qua Maio 11, 2011 10:34 am

O ato de sua prisão não fora nada agradável.
Você não estava acostumado com aquele tipo de tratamento, afinal, você era um pai de família, mas agora nada mais importava, não haveria dor física que suprisse sua dor emocional. Aqueles policiais poderiam ser tão cruéis quanto realmente eram, para você não importava.

Embarcaram você num navio cargueiro, você tinha seus punhos e seus tornozelos acorretados, vestia roupas cinza-escuro tão chumbregas que você poderia ver um mendigo as usando pelas ruas. No navio você não teve contato com ninguém, a não ser aqueles policiais que pareciam um poço de frieza. As celas era individuais, você podia ouvir barulhos das outras celas, mas ninguém conversava.

A viagem durara três dias, para você parecera uma eternidade, não tinha como saber que horas eram, a não ser pela comida que era deixada em sua cela, uma vez ao meio-dia e outra à noite.

No terceiro dia você podia ouvir barulho de água no casco lá fora e o navio começou a balançar mais, até que finalmente parou. Você estava com muita sede, estava quente e aquela roupas estavam lhe sufocando. Sentia falta de um bom banho... será que seu filho estava bem? Será que ele um dia iria perdoar o pai por ter de abandoná-lo?

Os guardas voltaram e você tinha aquela cara apática, de que nada mais importava. Um guarda abriu sua cela e o puxou lá de dentro, apontando uma pistola em sua costela caso você pensasse alguma gracinha.

Logo você viu a luz do sol, e pareceu que iria queimar sua visão, quando finalmente pôde se acostumar, viu-se em uma fila indiana, com uma porção de outros presos, também acorrentados. Você via uma plataforma, parecida com um porto, exceto que só tinha uma vaga, e ao redor muita areia branca, ondas fortes e uma densa floresta à frente. Se você não estivesse acorrentado, pensaria que viera para o paraíso.

Eram uns oito presos, vinte policiais estavam no navio e outros dez na praia, a espera dos prisioneiros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Daizaemon Kaze
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 1794
Pontos : 4741
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/12/2009
Idade : 28
Localização : Rondonia - Ji-paraná

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Qua Maio 11, 2011 8:32 pm

John segue andando na fila, olhava os guardas, e o lugar, viu o naviu e continuou seguindo junto os 8 prisioneiros, havia algo que o motivava a viver al''em do próprio filho, era uma pergunta vaga, de resposta óbvia...

continuou andando acontecesse o que acontecesse prezava apenas o pendante que tinha, nada ali o interessava, nada em tudo parecia ser interessante, mas seguia andando.

_________________
Eu procuro a força que está além da compreensão... Daizaemon Kaze

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Narração
Fala
Pensamento
Se tiver cor eu especifico... whatever
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mya Mori Suwa
Parceiro
Parceiro
avatar

Mensagens : 648
Pontos : 3482
Reputação : 0
Data de inscrição : 12/01/2010
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Qui Maio 12, 2011 1:20 pm

Você sente o sol sobre aquelas vestes cinzas, e isso atrai mais o calor para o seu corpo, era um dia daqueles naquele lugar, seja lá onde fosse. Mais a frente um cara abre a boca para falar, você sente que ele teve uma péssima idéia.

- (assovio) Até que não é tão ruim por fora hein? (Sephiroth)

O cara mal teve tempo de respirar depois frase, logo um guarda se aproximou dele e lhe aplicou um golpe com as costas da arma que impunha, o que o fez cair de joelhos na areia da praia. O cara provocador não era fraquinho, por isso deu pra ter noção do tipo de treinamento que aquelas guardas tiveram. A fila toda parou, mas antes que alguém pudesse dizer qualquer coisa o mesmo guarda que havia aplicado o "sedativo" erguera o prisioneiro e o segurara junto ao corpo, apontando a arma para ele do lado de fora da fila. - Podem seguir E a fila voltou a andar, puxada por outro guarda. O preso engraçadinho estava detido e meio desmaiado nas mãos do policial. Sabe-se lá o que aconteceria com ele.

Dali para frente não se ouviu nenhum outro comentário, o caminho fora longo e cheio de galhos e raízes, até que você pararam em frente a um muro enorme, tão enorme que não dava para ver onde terminava dali, na mata fechada. Um portão se abriu e você viu um pátio de areia à sua frente, com uma estrutura de pedra que mais parecia um forte. No pátio você viu mais adiante algumas barras de ferro e materiais de exercício dos que você encontra na praia e praças da cidade. Havia também um ambiente redondo e fechado que você não sabia dizer o que era.

O portão se fecha atrás de você e os guardas começam a tirar as algemas, enquanto outros ficam mirando caso alguém quisesse se rebelar. Aquilo de repente parecia um exílio do exército.

(vc está na mesma leva que o Sephiroth)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Daizaemon Kaze
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 1794
Pontos : 4741
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/12/2009
Idade : 28
Localização : Rondonia - Ji-paraná

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Qui Maio 12, 2011 1:41 pm

John Segue olhando as pessoas em volta, retiram suas algemas, no que percebeu que ali era onde ficaria encarceirado, seguiu olhando as coisas ao seu redor, e foi ver o que era o local redondo

_________________
Eu procuro a força que está além da compreensão... Daizaemon Kaze

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Narração
Fala
Pensamento
Se tiver cor eu especifico... whatever
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mya Mori Suwa
Parceiro
Parceiro
avatar

Mensagens : 648
Pontos : 3482
Reputação : 0
Data de inscrição : 12/01/2010
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Qui Maio 12, 2011 5:33 pm

Os portões se abriram novamente e todos os prisioneiros agora estavam sem algemas. Próprio para fuga? Talvez, se algum prisioneiro tivesse miolos faltando, pois ainda tinham armas sobre suas cabeças, à uma distância segura.

Todos os policiais que escoltaram os prisioneiros até ali sairam pelos portões como se só tivessem levado o lixo para fora, e quando os portões voltaram a se fechar, quando você estava dando seu primeiro passo rumo à exploração do lugar, um cara de dois metros de altura, careca e mascando uma palha saira de dentro de uma das casas de pedra com um sorriso no rosto. Ele não se vestia como os prisioneiros recém chegados, usava uma roupa simples, mas bacana e apropriada para o calor.

- Bem-vindas, crianças... Alguns prisioneiros se entreolham, em dúvida se o cara era um deles ou outro policial motherfucker.

Atrás dele, e em outras casas dali começam a sair mais caras, vestidos razoavelmente bem. Você vê mulheres em alguns cantos, embora a maioria sejam homens, e há alguns caras nem tão parrudos assim, outros até com um livro debaixo do braço.

- Vamos logo ao que interessa... O homem foi entregando uma chave para cada um dos prisioneiros, que ainda estavam meio confusos. - Vocês vão ter uma cabana de criança pra cada um, então não briguem... Você recebeu o nº 361. Logo em seguida ele entrou outra chave a um cara mais perto do portão e apontou o dedo a frente do rosto dele. - Cara, e não tente nenhuma gracinha com as garotas se elas não quiserem, aqui a gente não tolera esse tipo de coisa. E ele virou-se para o resto dos recém-chegados, incluindo você - Vale pra todo mundo.

O cara que recebera o sermão retrucara: - Relaxa cara, por acaso eu tenho cara de Bill Clinton? O careca se vira para o cara de novo - Eu tô relaxado, cara... Diz calmamente, enquanto a palha dentre seus lábios mexia-se com o movimentar da boca.
O cara volta a falar - Você deve ser o tira bom né? Ou então o manda chuva por aki? No que o careca dá um risinho com o canto da boca que não tinha a palha. Ele era quase o dobro do tamanho do curioso ali, o que o dava um ar de líder. Ele passa a mão sobre a careca e dá as costas sem responder, voltando para a casa de onde saira.


(cena do Sephiroth, q tava na mesma leva que você

rola percepção + prontidão)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Daizaemon Kaze
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 1794
Pontos : 4741
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/12/2009
Idade : 28
Localização : Rondonia - Ji-paraná

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Qui Maio 12, 2011 5:47 pm

percep+pront

5 dados

_________________
Eu procuro a força que está além da compreensão... Daizaemon Kaze

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Narração
Fala
Pensamento
Se tiver cor eu especifico... whatever
Voltar ao Topo Ir em baixo
[NPC] Madruguinha
NPC
NPC
avatar

Mensagens : 1398
Pontos : 4273
Reputação : 4
Data de inscrição : 26/01/2010

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Qui Maio 12, 2011 5:47 pm

O membro 'Daizaemon Kaze' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D10' :
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Resultado : 7, 10, 2, 5, 1
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mya Mori Suwa
Parceiro
Parceiro
avatar

Mensagens : 648
Pontos : 3482
Reputação : 0
Data de inscrição : 12/01/2010
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Qui Maio 12, 2011 9:12 pm

Você nota que a casinha que o cara saiu é a de nº 1, e que ao lado dela tem a de nº 100, e depois a de nº 300.... parece ter lógica a distribuição, você começa a assimilar a forma em que deve buscar a cabana pertencente à sua chave... isso é, se você quiser fazê-lo, ou você poderia dar uma banda por aí, embora estivesse bem fedido T_T
Voltar ao Topo Ir em baixo
Daizaemon Kaze
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 1794
Pontos : 4741
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/12/2009
Idade : 28
Localização : Rondonia - Ji-paraná

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Qui Maio 12, 2011 9:22 pm

John olha os lugares os numeros, olha a cara de alguns sem encarar, e segue a sua casinha dita cabana sem pronunciar nada

_________________
Eu procuro a força que está além da compreensão... Daizaemon Kaze

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Narração
Fala
Pensamento
Se tiver cor eu especifico... whatever
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mya Mori Suwa
Parceiro
Parceiro
avatar

Mensagens : 648
Pontos : 3482
Reputação : 0
Data de inscrição : 12/01/2010
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Sex Maio 13, 2011 1:52 pm

Os prisioneiros que vieram na mesma leva que você lhe olham percebendo o que você tinha sacado e começam a caminhar também, procurando pela sua cabana.

Você chegou na fileira de casinhas de 3 centanas e vai andando. Parecia um vilarejo da idade média, você vê algumas plantações bem para a direita, algumas mulheres colhendo frutas, e um homem grandão ajudando-as. Você percebe, também, que as casinhas vão aumentando a numeração de 1 em 1 para trás do vilarejo, ou seja, se você estava acompanhando a fileira de 3 centenas das casinhas, precisaria andar 61 casas adiante para chegar à sua. Era uma caminhada e tanto para quem passara três dias trancafiado num navio.

Ao chegar na sua cabana você viu uma espécie de quarto pequeno de hotel. Tinha uma cama de solteiro, simples mas aparentemente confortável, um ventilador de teto, uma única janela pequena perto do teto, uma pequena cômoda com gavetas, e uma mesa redonda com duas cadeiras. No canto da casinha havia uma porta de madeira aberta, onde você via parte do banheiro (que já era quase todo ele). Tinha um chuveiro, uma pia, um espelho e uma privada.

Não era tão ruim assim para uma prisão. Aliás, não era nada mal para uma prisão. Aquilo lhe soou bem estranho, você não tinha ouvido falar ainda daquele lugar e a curiosidade só aumentou.

Talvez você pudesse tomar uma ducha e vasculhar a cômoda para ver se não tinham roupas melhores.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Daizaemon Kaze
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 1794
Pontos : 4741
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/12/2009
Idade : 28
Localização : Rondonia - Ji-paraná

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Sex Maio 13, 2011 11:00 pm

John olha em volta, ve o banheiro, e fecha a porta da dita casa, "Casulo" trancando com a chave, e tira sua roupa, tomando banho e lavando a roupa que usava, depois disso procurou por algo para se secar e vestir...

Desde quando uma prisão tem mulheres e plantações? Pfft!

Isso é algum projeto governamental de desenvolvimento de pesquisas... seja usando a gente como cobaias ou nos testando... droga!


Caso achasse ou nao a roupa iria deitar e dormir.

_________________
Eu procuro a força que está além da compreensão... Daizaemon Kaze

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Narração
Fala
Pensamento
Se tiver cor eu especifico... whatever
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mya Mori Suwa
Parceiro
Parceiro
avatar

Mensagens : 648
Pontos : 3482
Reputação : 0
Data de inscrição : 12/01/2010
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Seg Maio 16, 2011 12:45 pm

Você toma o banho que tinha direito, pega a toalha que estava pendurada, seca-se e na cômoda com gavetas encontra roupas simples e confortáveis. Não tinha o cheiro de amaciante que sua esposa costumava usar, mas estavam limpas.

A cama parecia estar limpa também, sem mofo e ademais adversidades. Você deita-se, exausto, estava protegido, com a porta trancada, limpo, então relaxa e dorme... dorme... dorme... estava escuro lá fora quando você acorda com batidas fortes na porta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Daizaemon Kaze
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 1794
Pontos : 4741
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/12/2009
Idade : 28
Localização : Rondonia - Ji-paraná

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Seg Maio 16, 2011 5:26 pm

John acorda com certa irritação pelas batidas e segue para ver quem era, e o que queria, mas antes pega algo que possa usar como auto-defesa, um pedaço de pau, ferro, anything, e abrindo uma brecha da porta e frizando a pessoa que estava a bater espera resposta.

_________________
Eu procuro a força que está além da compreensão... Daizaemon Kaze

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Narração
Fala
Pensamento
Se tiver cor eu especifico... whatever
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mya Mori Suwa
Parceiro
Parceiro
avatar

Mensagens : 648
Pontos : 3482
Reputação : 0
Data de inscrição : 12/01/2010
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Ter Maio 17, 2011 12:43 pm

Você acha a trava da janela para se defender. Era pequena, de madeira, mas serviria por hora. Ao entreabrir a porta você vê uma loira de cabelo curto e arrepiado, ao melhor estilo rockeira:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ela, apoiada no esquadro da porta, olha para você com cara de marrenta: - Benzinho, devem ser umas 20h da noite, você vai ficar aí até amanhã? Posso me apresentar, pelo menos?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Daizaemon Kaze
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 1794
Pontos : 4741
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/12/2009
Idade : 28
Localização : Rondonia - Ji-paraná

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Ter Maio 17, 2011 12:51 pm

Mas que merda...

John Termina de abrir a porta e joga o que tinha em mãos por de trás da porta, e com a porta aberta solta a fora de sua boca

O que, você quer?

Enquanto continuava a olhar a dita mulher

_________________
Eu procuro a força que está além da compreensão... Daizaemon Kaze

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Narração
Fala
Pensamento
Se tiver cor eu especifico... whatever
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mya Mori Suwa
Parceiro
Parceiro
avatar

Mensagens : 648
Pontos : 3482
Reputação : 0
Data de inscrição : 12/01/2010
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Ter Maio 17, 2011 1:13 pm

A garota solta um suspiro - Nossa, eu fiquei esperando você sair desse quarto a manhã toda, dai desisti...

- Bom, eu sou Alecia, e tenho que ser a sua iniciação Ela falou num tom tipo "é, é um saco, mas tenho que fazer".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Daizaemon Kaze
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 1794
Pontos : 4741
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/12/2009
Idade : 28
Localização : Rondonia - Ji-paraná

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Ter Maio 17, 2011 1:18 pm

John olha de lado a mulher

iniciação? ótimo, mais uma parte da reabilitação, que seja.

Então esplique-se

_________________
Eu procuro a força que está além da compreensão... Daizaemon Kaze

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Narração
Fala
Pensamento
Se tiver cor eu especifico... whatever
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mya Mori Suwa
Parceiro
Parceiro
avatar

Mensagens : 648
Pontos : 3482
Reputação : 0
Data de inscrição : 12/01/2010
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Sex Maio 20, 2011 4:03 pm

(i'm sorry pela ausência, trabalho me sugando a full *surtando* [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.])

Alecia cruzou os braços e parecia meio mau-humorada em começar toda aquela ladainha - A gente pode ir jantar? Eu tô morrendo de fome e fico muito mau-humorada quando tô com fome... dai eu te explico.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Daizaemon Kaze
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 1794
Pontos : 4741
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/12/2009
Idade : 28
Localização : Rondonia - Ji-paraná

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Sex Maio 20, 2011 5:57 pm

Joh fez que tanto faz com os ombros, e disse saindo a porta da casa a trancando.

desde que eu nao pague

john mexe as bolsos como se tivesse algo para tirar deles, e seguiu a loira

(carma profe... narradora >_< nós loveamos você do fundo do nosso kokoro, e trabalho eh tenso mesmo nao se preocupe xD)

_________________
Eu procuro a força que está além da compreensão... Daizaemon Kaze

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Narração
Fala
Pensamento
Se tiver cor eu especifico... whatever
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mya Mori Suwa
Parceiro
Parceiro
avatar

Mensagens : 648
Pontos : 3482
Reputação : 0
Data de inscrição : 12/01/2010
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Sex Maio 20, 2011 6:22 pm

- Vai morrer de fome então, filho... Disse ela, meio com tom de brincadeiro - ..pagar... pfs, hehe...

Vocês seguiram andando, e ela descaramente apontou para cima - Ali são câmeras, tem várias, ele vigiam a gente, mas não dá para escutar, não... você vai ver que é bem tranquilo por aqui, tu gosta de brigar? Ela virou para você com um tom avaliador.

Você viu que as câmeras ficavam em postes gigantes, bem no topo, e eram vários postes com câmeras cobrindo todo o perímetro que você conseguia enxergar dali.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Daizaemon Kaze
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 1794
Pontos : 4741
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/12/2009
Idade : 28
Localização : Rondonia - Ji-paraná

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Sex Maio 20, 2011 9:40 pm

John puxou as sombrancelhas, e saiu do semblante sério, para um mais tranquilo, e logo viu as cameras, analisou e verificou que as mesmas fechavam o perimetro todo do lugar, e se era assim então, isso era mais do que apenas um programa de reabilitação, com essas cameras, talvez estudos sobre comportamento de delinquentes e pessoas com ficha criminal convivendo entre si, talvez para avaliar quem deve ir a cadeira eletrica, ou simplesmente fosse mais um desses reality show exibicionistas que o governo começara a fazer para cativar a mente e o dinheiro de seu povo, dificil dizer com deduções em mãos, logo voltou a si em seus pensamentos, e ouviu a loira com estilo punk o perguntar, com certo tom o analisando no que responde com uma pergunta

E que bem, ou interesse teria em falar se sou ou não?

O fato é que não costumo me envolver...

Se aqui realmente for tranquilo então estou indo bem.

E você, qual é a de ter que me instruir?

_________________
Eu procuro a força que está além da compreensão... Daizaemon Kaze

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Narração
Fala
Pensamento
Se tiver cor eu especifico... whatever
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mya Mori Suwa
Parceiro
Parceiro
avatar

Mensagens : 648
Pontos : 3482
Reputação : 0
Data de inscrição : 12/01/2010
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Qui Maio 26, 2011 4:25 pm

Ela fica te olhando sem desviar nenhum momento enquanto você fala. Não parecia nem um pouco tímida, e bem a vontade por ali.

- São as regras daqui, nós temos tarefas, e a minha hoje era te explicar sobre o lugar... mas você dormiu a tarde toda, né! Ela fez uma careta de aff, mas em tom um pouco brincalhão, e cruzou os braços - É que temos lutas aqui também, e você parece gostar... eu gosto E apontou com o dedo polegar para si
Voltar ao Topo Ir em baixo
Daizaemon Kaze
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 1794
Pontos : 4741
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/12/2009
Idade : 28
Localização : Rondonia - Ji-paraná

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Sex Maio 27, 2011 9:09 am

John responde da boca para fora, sem muito interesse

Bom, Então se engana... eu não gosto de lutas...

E que tipo de "tra-ba-lhos" tem por aqui?

_________________
Eu procuro a força que está além da compreensão... Daizaemon Kaze

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Narração
Fala
Pensamento
Se tiver cor eu especifico... whatever
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mya Mori Suwa
Parceiro
Parceiro
avatar

Mensagens : 648
Pontos : 3482
Reputação : 0
Data de inscrição : 12/01/2010
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Sex Maio 27, 2011 6:36 pm

- UH, que chato! Ela fez uma careta para você, em reprovação. - Ah, tipo, hoje eu sou a tua "iniciação" Ela simulou as aspas com as mãos, com uma cara de "saco" - Mas já lavei pratos, cozinhei Dai ela fez uma careta horrenda - plantei, colhi frutas, limpei o salão, catei lixo, descasquei batatas, tirei pó, limpei banheiro, guardei equipamentos, limpei sangue, costurei gente, matei outros... Ela sorrira com um tom sarcastico pra você. - Mas relaxa, amanhã você receberá uma tarefa... é uma por dia, se você for rápido tem a tarde livre Alecia piscou pra você - A propósito, qual o teu nome?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Daizaemon Kaze
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 1794
Pontos : 4741
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/12/2009
Idade : 28
Localização : Rondonia - Ji-paraná

MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   Sab Maio 28, 2011 12:49 pm

John segue caminho com a moça e olhando-a de lado diz sobre a pergunta

Ué, e como que você sendo minha iniciadora não sabe meu nome, ou isso é apenas formalidades.

Meu nome é John, pelo visto o numero da casa foi sua unica informação...


John segue caminho olhando as pessoas ao redor e verificando como era o local pelo qual seguiam.

_________________
Eu procuro a força que está além da compreensão... Daizaemon Kaze

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Narração
Fala
Pensamento
Se tiver cor eu especifico... whatever
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: "Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
"Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito." (Daizaemon Kaze)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Sistema de Guild House no kpdo
» me ajudem rpg maker xp pokemon
» Atenção: Superbox Prime HD com defeito de fábrica nos tuners
» Como criar uma Boa História
» Me ajudem! eu escolhi uma armadura secundaria diferente da minha (fenix) eu escolhi a do Dragao.Tem algum problema?tem como reverter?no level 56 eu posso escolher a armadura da fenix (3 armadura ) ?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: [ Jogos ] :: [ Prison Break: A Ilha ]-
Ir para: