Photobucket

 
InícioRpg Kira ®FAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Entrevista com Heróis - Poste aqui sua História

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Gurski
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 506
Pontos : 2989
Reputação : 100
Data de inscrição : 01/03/2011
Idade : 28
Localização : Curitiba - PR

MensagemAssunto: Entrevista com Heróis - Poste aqui sua História   Seg Mar 07, 2011 1:24 pm

Journal Of Millenium

Hoje temos aqui caros leitores alguns dos maiores heróis do mundo e em uma entrevista exclusiva eles nos contarão como adquiriram seus poderes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ancafe
Zelador
Zelador
avatar

Mensagens : 439
Pontos : 3351
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/01/2010
Idade : 26
Localização : Jipa/RO

MensagemAssunto: Re: Entrevista com Heróis - Poste aqui sua História   Seg Mar 07, 2011 2:18 pm

Chad é o ultimo descendente direto dos Cryomancers(Raça ninja que controla o elemento Gelo) do extinto Clã Lin Kuei. O Paradeiro de seu pai é desconhecida, sua mãe morreu no parto.

Um velho e confiável amigo de seu Pai, Dr. Emmett Brown, ficou aos cuidados de Chad quando ele ainda era bebê e o ensinou a controlar seus poderes quando mais jovem.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Chad não era um menino muito travesso, ao contrário, era paciênte, calmo e bastante curioso, sabendo a hora de agir. Dr. Emmett Brown soube aproveitar esses pontos significantes de Chad para aguçar seu poder e sua mente.

Como toda criança, Chad já sonhou em ser um super herói, Dr. Emmett Brown não hesitou em dizer: Você vai ser um. Wink
Aquilo ficou na cabeça de Chad~

Atingindo a maioridade, Chad encontrou um baú em meio as tralhas e restos de experimentos do Dr. Emmett Brown, abriu o baú e se deparou com um uniforme ninja preto e azul, ao vestí-la sentiu de verdade seu poder conrrendo em seu corpo, parecia estar mais leve, seus olhos congelaram fazendo com que fosse possível enxergar no escuro. Dr. Emmett Brown acabou contando toooda história do passado para para Chad, Chad não se mostrou muito abalado, ele já meio que desconfiava que não tinha poderes desde pequeno, assim, por acaso.

Chad estudou pra se tornar um Perito Criminal e ficar mais próximo dos acontecimentos e poder agir como super herói facilmente.
Por enquanto, tudo correndo ao seu favor...

_________________
Bjo me Liga
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Última edição por Ancafe em Seg Mar 07, 2011 2:33 pm, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=7988396561965159506
Portuga
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 1169
Pontos : 4079
Reputação : 0
Data de inscrição : 26/12/2009
Idade : 24
Localização : Tangamandápio - Rôndonia

MensagemAssunto: Re: Entrevista com Heróis - Poste aqui sua História   Seg Mar 07, 2011 2:19 pm

Michael FOX

Michael era um homem que por toda sua vida tinha um senso de justiça muito forte, seu pai fora um policial que todo dia saia para trabalhar e nunca sabia se poderia voltar com vida e sua mãe sempre ficava preocupada, cresceu em um ótimo ambiente familiar, com todo amor e carinho que qualquer criança poderia querer. New York sempre foi uma das cidades que nunca dormem e conseqüentemente é uma cidade com muitos índices de criminalidade, Michael vivia com seus pais num bairro de classe média, seu relacionamento com seu pai sempre foi aquele de “pai herói”, Michael fantasiava quando estava sozinho, seu pai pretendo vários criminosos, sendo o herói do dia e etc… e foi assim realmente sua vida toda, seu pai sempre lhe disse que JAMAIS seguisse a vida policial, temia pela vida do filho, este que quis trabalhar para a policia, mas achou um jeito a qual não se arriscava, cursou medicina e virou um médico, um rapaz sempre um pouco introspectivo, que não conversava muito e guarda as cosias para si, nunca foi de fazer muitos amigos, pois sempre tinha uma cara fechada e amarrada, mas quando o conheciam de verdade logo viam que era uma pessoa que se preocupava com os outros.
Entrou para a faculdade e terminou seu curso, lá conheceu uma jovem que conseguiu quebrar as barreiras GELADAS do seu coração pela insistência, uma jovem doce e meiga que era exatamente o antônimo dele e que fez com que ele ficasse perdidamente apaixonado, sempre muito durão e nunca dando seu braço a torcer, ela sabia como contorná-lo. Assim que saiu da faculdade seu pai lhe arrumou uma vaga para trabalhar na policia como legista e assim foi.
Viveu sua vidinha perfeita por muitos anos, fora os seus anos dourados, sua mulher, Anne, engravidou e sua filhinha Keyla nasceu perfeitamente saudável, Michael estava se sentindo nas nuvens, mas nem tudo que é perfeito dura para sempre, e um dia, como qualquer outro, Michael saiu para trabalhar e no meio do seu plantão ele recebeu um ligação que o fez sair de lá correndo para casa, era da policia, seu pai tinha ligado para ele com um voz preocupadíssima e tinha dito uma coisa que fez com que Michael sentisse como se um punhal atravessa-se seu peito.
-“Meu filho… tenho uma noticia nada boa para te falar… primeiramente calma… sente-se… e escute … invadiram a sua casa… 3 criminosos entraram na sua casa e roubaram muita coisa e… *ele respirou fundo* … levaram a Anne e a Keyla… mas acalme-se que nós já estamos fazendo TUDO para encontrá-las e eu te prometo filho, ninguém vai encostar 1 dedo nelas… eu te pro-“Michael deixou o celular cair no chão e saiu correndo. Ao chegar em casa havia aquelas fitas amarelas em volta de toda a casa, ele rompeu a barreira e logo viu seu pai comando os grupos policiais de busca, os dois se abraçaram e Michael pela primeira vez em toda sua vida chorou por medo, desespero, saudade… aquela noite demorou muito para passar… e assim como várias outras… ele já não saia de casa esperando alguma ligação dos seqüestradores, alguma informação, qualquer coisa… então alguns dias depois o telefone tocou… eram os seqüestradores, eles pediam 1 milhão de dólares pelo resgate, e não queriam policiais envolvidos, Michael concordou e combinaram um local, John, pai de Michael acionou todos os policiais e Michael foi levar o dinheiro, mas quando chegou na pequena cabana, perto do nada, não viu sinal de ninguém… ao entrar se deparou com a pior cena de sua vida… mãe e filha, abraçadas, com uma bala atravessada em suas cabeças, Michael correu na direção das duas aos prantos, abraçou elas enquanto o sangue seco grudava em sua roupa… ele chorou e gritou e após alguns minutos seu pai junto com os policiais entraram e todos ficaram surpresos, havia um pequeno bilhete em cima de uma mesinha de madeira escrito
-“Vocês deviam ter me ouvido…”
Michael jamais superou essa dor na consciência de que ele foi o culpado pelo assassinato de sua família… entrou em depressão, se afastou de todos, começou a beber e a se drogar… seu pai tentava lhe ajudar mais pouco podia fazer, estava perdendo seu filho, 3 meses após o acontecimento seu pai vai até sua casa e encontra seu filho caído, semi-consciente no chão da sala envolto a garrafas de VODKA vagabundas com rótulos raspados, seu pai lhe levanta e lhe dá um banho e o faz Campânia até que recobre a consciência e sua lucidez, após horas de sono Michael acorda com uma forte dor de cabeça e vê seu pai sentado ao lado da cama lendo, ele fica com vergonha e vira o rosto, seu pai lhe olha nos olhos
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
diz:
-“agora você vai parar com essa merda e virar homem ou eu vou ter que te bater até você voltar a ser um? … eu tenho uma informação que é do seu interesse… eu finalmente achei os filhos da puta que assassinaram a Anne e a Keyla… quer saber onde estão?”
Michael deu um pulo e sentou na cama pasmo, ele gaguejou e perguntou como seu pai tinha conseguido, ele disse que ele tinha passado todos os dias até aquele momento movendo céus e mares para encontrar os caras… e finalmente tinha conseguido e disse que a policia ainda não sabia e que nem iria saber… ele queria fazer justiça e o único que poderia fazer isso era Michael, ambos concordaram e planejaram minuciosamente o ataque, Michael vestiu um sobretudo castanho que lhe cobria todo o corpo, pôs uma mascara e um chapéu e foi atrás dos homens a qual os faria pagar… encontraram eles num pequeno balcão onde estavam fabricando drogas, haviam no total de uns 6 criminosos lá, Michael então entrou furtivamente e totalmente armado e começou o ataque, seu pai havia ficado escondido com um rifle de precisão para ajudar o filho, Michael que sabia atirar muito bem começou sacando suas armas e atirando, ele foi derrubando 1 por 1, os criminosos não sabiam atirar direto e cada 5 tiros dele, era 1 de Michael, todos precisos, ele matou todos devagar, seu coração estava cheio de ódio, e ao ver todos caindo em frente dele, fez com que se sentisse bem, estavam fazendo todos pagaram pelo que fizeram, mas os 2 que era seus alvos ainda estavam em pé, Michael investiu contra eles, uma de suas armas havia emperrado e outra havia acabado a munição, ele foi para o corpo a corpo, conseguiu desarmar 1 deles e lutou, conseguiu jogá-lo numa maquina de trituração que era usada antigamente e que fora ligada sem querer durante a luta, o outro que estava escondido saiu ao ouvir os gritos do seu parceiro triturado, descarregou o revolver em cima de Michael que levou quase todos os tiros, mas não podia morrer, não ainda, não ali, não enquanto o maldito não estivesse morto, e foi em cima do criminoso eu estava desesperado por Michael ter levado 5 tiros e ainda estar vivo, Michael jogou suas mãos envolta do pescoço dele e apertou e viu a vida de seu alvo ser tirada ao poucos enquanto ele se debatia e assim que ele morreu, Michael caiu sem forças e a beira da morte, pronto para abraçar seu destino, um velho com roupas cinzas apareceu saindo de uma sombra com um sorriso.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
-“ainda não Michael… ainda não é hora para você partir… você tem um destino muito maior doque morrer em um sujo chão de um galpão velho… levante filho… e continue seguindo o caminho da justiça… deixe seu ódio guiá-lo em direção a luz… é seu dever acabar com a escória da humanidade… não deixe que mais nenhum criminoso se salve… o destino deles é a morte…e você é o algoz… agora levante-se e vá…”
O velho tocou Michael com o cajado e uma luz atravessou seu peito, seus ferimentos se fecharam e ele se levantou, mas o velho já tinha sumido, não entendeu o que tinha ocorrido e sentiu-se estranho, saiu do balcão e viu seu pai se aproximando, conversaram e voltaram para casa. Alguns dias se passaram até que Michael percebeu seus novos poderes… viu que conseguia levantar coisas muito pesadas com grande facilidade, conseguia se exercitar freneticamente sem se cansar e até conseguia se mover de um local ao outro sem se mover, até o dia que seu braço se transformou em uma lâmina, ficou muito assustado mas com o tempo foi aprendendo a controlar… até o dia que sonhou com as palavras daquele velho de novo, ele sentiu a saudade de sentir aquela adrenalina e sentir que estava fazendo justiça com aqueles que mereciam… E assim que ele virou um justiceiro das noites, ainda com seu emprego de legista na policia onde conseguia obter informações com seus contatos e através da onde ele tinha contato com os corpos das vitimas dos crime, ele com a ajuda de seu pai que lhe dava suporte como seu braço direito e conselheiro, e assim Rorschach patrulha as noite fazendo a justiça que os outros se recusam a fazer.

_________________
O Desrespeito Causa a Desordem... A Desordem Causa o Caos... O Caos Causa a Rebeldia... E a Rebeldia Têm Consequências Extremas "Battle Royale - Battle for Survive among your friends"

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Daizaemon Kaze
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 1794
Pontos : 4764
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/12/2009
Idade : 28
Localização : Rondonia - Ji-paraná

MensagemAssunto: Re: Entrevista com Heróis - Poste aqui sua História   Qui Mar 10, 2011 10:00 am

Quartzo Severich Nasceu na Rússia, cresceu estudou e se alistou as forças armadas de seu país tão amado, e com 20 anos de idade e um dos 300 soldados a frente de uma campanha de batalha contra traficantes e uma organização criminosa.

Ele serviu a luta e guerra, matou, hesitou, salvou, correu, desistiu, mas voltou pelos seus amigos, mas como podia um grupo de 6 soldados infiltrados em uma base criminosa ganhar de todos eles.

Por fim tiveram a idéia de usar do aeroporto da base, furtar um avião e fugir, o plano correu bem e todos os 5 chegaram ao avião, disfarçados com trajes dos criminosos tentaram fugir com os aviões, quando a frente do aeroporto na pista, tinha um bloqueio de jipes e 1 caminhão, com os soldados inimigos lá, Quartzo avistou uma bateria a frente que estava virada em direção a barricada, mas ele teria que se jogar do avião e de sua liberdade para a morte certa, quando então sobre uma gota de suor que caiu de seu rosto, ele olhou há seus amigos lutando desesperados, para voltar para casa, para fugir daquele inferno e encontrarem suas mulheres e filhos, mesmo com 20 anos de idade, Quartzo nunca teve 1 relacionamento sério em sua vida, sempre desistiu de seus sonhos por achar eles muito complicados e desgostosos, ele olhou para cada 1 de seus 4 amigos, os únicos amigos que ele tinha feito desde a escola até ali, as únicas pessoas na qual ele confiava sua vida, e olhando a cada um viu o rosto de suas mulheres filhos e do provável futuro que cada um teria, sem dizer mais nada, a gota de suor caiu no metal sólido daquele avião de carga, ele então puxou a metralhadora a frente da porta do avião e gritou.

“Vitória a vida e liberdade!!!”

2 de seus amigos tentaram segura-lo puxando apenas sua jaqueta, ele ao cair sobre o chão, rolou para e já se levantou correndo, sua dor e desesperos deixou para trás naquele avião com seus amigos, enquanto eles gritavam pelo radio para ele voltar, ele grudou a frente da bateria e mirando no caminhão do bloqueio sentiu suas costelas quebradas, sua perna que estava deslocada, mas suas não hesitaram, apertando aquele gatilho duplo, explodiu a barreira, e sorrindo sentiu duas mãos o puxarem para trás ao chão, logo ele viu, Reynolds Bariovich, o líder criminoso que o analisava no chão com seus soldados e fazendo um sinal, um deles veio e chutou Quartzo que desmaiou.

Murmúrios e suspiros abafados de dor, ele estava preso em Vorkuta, uma cidade, uma prisão um inferno, lá teve a pele queimada, ossos fraturados, e poucos cuidados, em meio aquela escuridão sempre que pediam o motivo pela invasão ele ria e cantarolava alguma coisa, pensava ele (pelo menos os planos desses criminosos de usarem o conhecimento nuclear e armas nucleares a seus benefícios foram evitados), mas heis que 3 meses após ser capturado, eles pararam de perguntar, sua língua foi arrancada e em meio a corpos e terra, o barulho de uma pistola que rangia no bolso de um soldado se aproximou, mas não era um soldado, era Reynolds, ele sem dizer nada mostrou uma foto dos pais e irmãos de Quartzo e disse.

“SUA CULPA!!! Estão mortos por sua culpa!!! E agora é a sua hora!!!”

Quartzo estava muito chocado para dizer ou sentir qualquer coisa, aquelas pessoas, seus próprios familiares, mortos por que ele não confessou, e ali, em meio a corpos podres, morria um herói, não daquele de quadrinhos, mas daqueles que não se vê na vida real, porém que existem nela, abandonado pelo seu país morto 2 anos após a sua captura.


Quartzo então começou a imaginar coisas, ele via a sua frente era fogo, escuridão, apesar de todo aquele fogo a escuridão fechava os céus e a terra, ele viu em todas as direções, corpos gritando chorando, e sofrendo, seres estranhos com formas grotescas, e com armas medievais em mãos arrancavam a carne das pessoas ali, que mesmo só com a cabeça continuavam vivos, continuavam sentindo dor, ele não entendeu por que estava ali, logo que era tão devoto católico, logo ele que possuía tão poucos pecados, e mesmo os poucos pecados eram absolvidos pelo seu puro deus, quando em meio aquele tumulto quebrando o chão saia algo grande de mais, para ser qualquer coisa normal, mas era apenas uma mão, que quebrou o chão e lava consumiu aqueles que estavam ali e correndo em meio a multidão, viu um demônio, algo que realmente sua alma não acreditava, e aquele demônio gritou e vários demônios menores surgiram e começaram a matar as pessoas, mas elas não morriam, e um dos demônios voando pegou Quartzo e o arremessou frente a uma montanha de cara com o demônio.

“!!!Você meu pequeno anjo, somente você eu não permitirei subir aquele lugar nojento... Porquê você nasceu de mim, e para mim voltara, e é por isso que estais aqui, VOCÊ!!! Que é vazio e sem sentimentos, como uma sombra, será meu servo, meu melhor e mais competente cavaleiro!!!”

E encrustada a sua pele uma sombra o cobriu, e toda dor que ele sentiu no mundo, não fez mais sentido, quando ele abriu os olhos ele estava no mesmo lugar mas, toda a escuridão do inferno se dissipou e respirando ele sentiu... como se pudesse destruir montanhas com um golpe, o poder fluía da roupa para ele e dele para a roupa, ao olhar o céu vermelho, o demônio logo o disse.

“!!!Mais que um demônio, mais que um anjo, você nasceu minha bela criação, agora vá e faça minha armada crescer, busque as almas dos infiéis mostre-os dor agonia sofrimento e terror, porquê toda a escuridão do inferno reside em ti, e essa é uma armadura para sempre, estar com você!!!”

E o demônio engoliu Quartzo, que quando abriu os olhos estava em um bueiro, em algum lugar gelado, ele sentiu sua pele, tocou seu rosto, e começou a rir, pois pensou ele que tivera um sonho e a loucura daquela maldita prisão o deixou assim, saindo do bueiro ele viu, que a terra estava diferente de sua época, os carros estavam mais arrojados, as pessoas se vestiam diferentes, ele saiu dali e começou a andar, parou uma mulher na rua, pediu informações e a mesma o respondeu, ele estava na Rússia, e ainda brincando a mulher o cantou pelo uniforme de soldado, ele saiu dali, correu até uma das bancas de jornal, pegou um jornal do dia, e viu, séculos haviam se passado desde a sua morte/desaparecimento na segunda guerra mundial.

Sem saber o que fazer se abrigou pelas ruas, e lá, ainda tentando saber o que aconteceu, um grupo de uns 4 moradores de rua vieram com paus e pedras para rouba-lo, vestido como um soldado antigo ele parecia ter algo, no que em meio aos golpes e se defendendo, ele começou a sentir com raiva, e algo fechou o corpo dele e atingiu os 4 homens ao mesmo tempo, atravessando os mesmos, os 4 caíram já sem vida, ele olhou em uma possa de água e ali mesmo viu que era verdade, ele apenas demorou para renascer, e em sua raiva o mesmo gritou e pela roupa uma chama verde saiu de onde seria sua própria boca.

Naquela mesma noite, um homem estranho trajado como se fosse um bobo da corte o apareceu e disse.

“Excelente trabalho, mais 4 almas miseráveis para o nosso mestre, mas HEY bundão, sai dae, cuida desses que já estão perdidos é o meu trabalho, o seu é só de fazer o inferno na terra, (chutando a perna de Quartzo), levanta o bombadinho, vai la fazer algo mata o cachorrinho de alguém, mostre-os medo, ou você vai fica ae chorando, óhhhh coitadinho ele perdeu a família e acordou aqui, quer saber de uma coisa legal, a culpa foi sua, você foi ao inferno por mandar outros juntos com você, soldados... e se alto valor para nós...”

E rindo ele saiu de lá, já na sarjeta e sem esperanças, sua alma o corrompia, sua sanidade ficava insana, e ele começou a sorrir, e seguindo para uma área desolada dos esgotos, ele começou a treinar a própria roupa, seus acessórios mesmo que simples, podiam se fechar e moldar coisas extremamente sólidas, ele percebeu que as próprias emoções controlavam a roupa, não era algo fácil de se usar.

Um longo mês se passou depois disso, e Quartzo lutando contra seus próprios pensamentos, deixou a cidade, ali, mal nenhum queria cometer com as pessoas inocentes dali, ele sabia o que estaria alimentando, um dos 3 demônios que servem o inferno.


Na floresta sem rumo e caminho, uma mulher apareceu para ele, em meio as sombras, mesmo que a floresta não fosse longe da cidade, era estranho pois chovia forte e só se via algo quando os relâmpagos apareciam para iluminar, ele não a notou completamente, mas estava sofrendo, uma maldição foi posta nele para que ele começasse a sofrer e sentisse ódio e rancor por tudo, e com isso ele ativou a roupa e tentou acertar a mulher que em um relâmpago desapareceu, e duas mãos fecharam em seu rosto cobrindo lhe os olhos, e dor nenhuma mais sentiu, apenas conforto, era como se um anjo o abraçasse, ele foi levado a algum lugar com um método de teleporte.

A mulher que o deixou em um sofá, foi até um dos cômodos e voltou com uma toalha, cobriu Quartzo, e sorriu, no que ele tentou falar, não haviam palavras para ele falar, ele apenas se secou e descansou e quando acordou, ao seu lado ela repousava, o olhando, se sentando a cama ele a disse.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

“O que, você esta fazendo, você não pode me ajudar, eu sou uma maldição para o mundo, eu sou as próprias trevas, eu que já conheci o medo e o inferno, ainda vou destruir esse planeta, você não dev...(quando o mesmo foi interrompido)”

Ela havia usado o peso de seu corpo contra o dele ,o fazendo deitar de novo na cama, e por cima dele, ela o beijou, Quartzo sentiu como os lábios dela o tocar, e imagens de coisas eras épocas aparecesse na mente dele, ele e ela sempre juntos.
No que então os se envolveram e seus corpos se unificaram, pela primeira vez, Quartzo se sentiu completo, pela primeira vez ele sentiu algo que nunca com outra mulher havia sentido, como se a própria alma dele o fizesse esperar por isso.

Após um certo tempo os dois na cama, ela deitada ao peito de Quartzo disse.

(para maior intendimento) *¬*
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

“Enfim consegui te achar de novo meu amor, pelas décadas e eras tudo tem corrido contra o nosso amor e finalmente eu consegui”

Ela sorrindo com lágrimas aos olhos abraçou Quartzo com força e ele fizera o mesmo,no que ela começou a explicar a ele o que estava acontecendo...

“Quartzo” era um humano que muito antes de cristo com outro nome, salvou e se rebelou contra impérios, ele sozinho segurou um exército a porta de um palácio para que seus amigos e compatriotas fugissem, executado em praça publica, um anjo estava la olhando o sofrimento dele, e o amor dele por Deus mesmo ali abandonado com todos os seus sonhos ao ar, ele apenas se satisfazia sorrindo, porque sabia que seus amigos estavam vivos, isso se passou por mais duas vidas, até que cristo nasceu, e ele já era um homem, o anjo que apenas deveria olhar e cuidar das coisas, começou a sentir por aquele homem que acima de tudo era sempre abandonado e sentia vazio, no que o anjo, ao beijar aquele camponês que era Quartzo, sabia que os céus não mais a pertenciam, ela não se importou, ela que nunca entendera os sentimentos humanos, provara do melhor e mais traiçoeiro deles, o amor, mas tendo em vista que ela era um dos 10 altos seraphins do céu, demônios na terra e anjos revoltados, começaram a caçar os dois, e no meio desse embate, seu amado morreu.

Isso se repetiu muitas vezes, e ela contando a ele chorava, por cada vez que teve que ver seu amor morrer, por muitas vezes a dor era maior que ela mesmo para agüentar, mas a algum tempo algo havia mudado, os céus haviam recebido ela novamente, e ela agora era livre para amar Quartzo, por milênios

“Esse amor se manteve intacto, e por milênios com nomes e vidas diferentes seu amado salvou e lutou para o bem do povo, nunca perdendo sua fé, e por milênios vi você minha criança sofrer com isso, então não vejo motivo para proibir algo que eu mesmo criei, não vejo motivo para impedir algo que não quero que seja impedido”

Foi dito a ela, por uma luz, que se estendia de todo o céu, sorrindo frente a Quartzo ela já sabia o que acontecera com ele, e disse.

“Não se preocupe, meu amado, não há nesse universo que poderá nos separar agora, nosso amor é maior do que qualquer coisa conhecida, apenas o toque de nossos lábios foi o suficiente para liberar da maldição que você possuía, mas só a uma coisa que esta em você agora e que nunca ira sair, que pé a armadura de trevas, mas ela também esta apenas ao seu controle agora.”

Quartzo pensou, que se tudo o que ela disse e tudo o que ele vivera e fizera sempre se sacrificando e ajudando os outros foi somente para leva-lo a ela, então sorrindo ele disse.

“Tudo, valeu a pena(passando a mão no rosto dela), tudo e muito mais valeria por você, eu viveria todas essas vidas e sofreria tudo de novo por você”

Os dois se mantiveram naquela mansão por 1 mês, e após suas próprias férias, e amor os dois já estavam habituados um ao outro, ela então disse ao final desse mês.
“Meu nome aquele que eu fora proibida de dizer para você, é Bianca, e os céus tem uma missão para mim, nós devemos proteger esse mundo, e eu tenho minhas próprias idéias desse mundo, e nos devemos melhora-lo, pois agora que somos ambos imortais, temos o tempo que merecemos viver juntos”

E por mais 1 ano ela o treinou, e disse a ele, que ela se mantinha no mundo humano como uma juíza, e que possuía todo uma rede de informações a ela, ela o fez de seu segurança pessoal, e nesse ano ela o treinou, corpo, mente alma, controlando aquela armadura... e já ajudando as pessoas, ele foi conhecido como destroyer, pela seu visual e método de luta, ela disse a ele que não poderia mudar de forma tão drástica o destino e vida das pessoas, mas que ele poderia faze-lo, ele tinha mais do que obrigação de faze-lo.


E assim nascia novamente um herói de décadas e feitos históricos, não daqueles de quadrinhos, mas daqueles que não se vê na vida real, porém que existem nela...

_________________
Eu procuro a força que está além da compreensão... Daizaemon Kaze

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Narração
Fala
Pensamento
Se tiver cor eu especifico... whatever
Voltar ao Topo Ir em baixo
Richardkira
Narrador
Narrador
avatar

Mensagens : 2013
Pontos : 4939
Reputação : 1
Data de inscrição : 23/12/2009

MensagemAssunto: Re: Entrevista com Heróis - Poste aqui sua História   Qui Mar 10, 2011 11:22 am

Satoshi sempre foi um cara que resolveu tudo mais na força do que na inteligência, bom isso nunca foi um bom exemplo mais Satoshi sempre quis sentir adrenalina, e como 17 anos era um brigão sem salvação.

Falar que hoje em dia ele é um lutador profissional é um modo bonito de se pensar, afinal de contas as lutas profissionais dele são em lugares escondidos das pessoas comuns e não passa na TV.

Viajou pelo japão todo enfrentando outros lutadores nessa jornada toda e em outros lugares da ásia. Era o numero um e tinha mulheres dinheiro e fama que sempre quis mais não era mais o suficiente começou a notar que era forte demais, rápido demais e não se machucava mais lutando contra seus adversários sabia que estava diferente.

Com o tempo ele foi precisando de ajuda procurou um medico conhecido de algum tempo que cuidava de suas feridas depois da luta e ele não soube explicar o que estava acontecendo, o medico indicou um cientista o mesmo pesquisou muito até descobrir que era uma evolução humana, como um super humano e fez uns aparatos tecnológicos para ajudar Satoshi, um cinto que transmutava a roupa em uma armadura de combate e uma moto para andar por ai.

Quando começou a agir como “Kamen Rider” não sabia bem o porquê hoje em dia notou que foi pelo bem das pessoas, infelizmente o Cientista era um homem velho e faleceu, a família dele é de gênios mais Satoshi prefere não colocar eles nessa, já o medico sempre foi considerado excêntrico e não ira espalhar nada.


E assim é a vida de Satoshi lutar contra coisas para proteger as pessoas e alimentar seu estilo de vida cheio de adrenalina.

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

NO FEAR NO PAIN

"A vida de Alguém é limitada,a Honra e o Respeito duram para sempre"
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://therpgkira.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Entrevista com Heróis - Poste aqui sua História   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Entrevista com Heróis - Poste aqui sua História
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Poste aqui fotos engraçadas e legais.
» PvP Off | Eu quero ver quem aqui transa
» Atormentada - A História de uma garota em desespero
» alguem já ganhou no cliqueloja aqui????
» Hmm... poste a sua melhor receita aqui!!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: [ Jogos ] :: [ Champions - Defenders of Millenium ]-
Ir para: